Por que é importante tomar uma ducha antes e depois de entrar na piscina?

3 de julho de 2020
Por que é importante tomar uma ducha antes e depois de entrar na piscina?

Antes de entrar na piscina, é bastante natural nem sequer pensar em tomar uma ducha antes. Muitas pessoas, inclusive, poderiam se perguntar qual seria a serventia disso. Se molhar antes de entrar na água? É desnecessário e só atrasaria a diversão. Certo?

Na verdade, precisamos pensar que levamos para dentro da água tudo o que está em nossa pele. E, além disso, também ficamos encharcados de produtos químicos depois de ter contato com essa mesma água. Só aqui já percebemos que existem sim, diversas razões para tomarmos uma ducha antes e depois de entrar na piscina.

Vejamos cada um desses motivos mais cuidadosamente a seguir:

Tudo que é externo à piscina pode contaminar e prejudicar a água

Qualquer tipo de substância que não pertença à piscina, e que, portanto, não é utilizada para tratar a água, irá prejudicar a sua qualidade. Desde o suor, shampoo, sabão, perfume, creme e desodorante, até outras substâncias desagradáveis e que não percebemos que está em nosso corpo.

Você pode achar que está limpo o suficiente para dispensar a ducha, mas essas substâncias podem estar presentes em quantidades mínimas que podem facilmente passarem despercebidas. E que, mesmo assim, contaminam a água.

Agora pense na quantidade de contaminantes que poderiam se acumular com o passar do tempo. Além de pouco higiênico, só vai dificultar na hora da manutenção da água depois. Assim sendo, a melhor opção sempre será tomar uma ducha rápida para retirar todas essas substâncias, não acha?

Sem a ducha, a manutenção se torna mais difícil

Como já mencionamos, sem a ducha, a manutenção se tornará mais trabalhosa. Porque, com a água contaminada, a quantidade de cloro colocada passa a não ser mais suficiente para combater as bactérias. Por causa disso, você terá de acrescentar mais cloro, além de precisar também de mais horas de trabalho da bomba e do filtro. Apenas assim os contaminantes poderão ser removidos. Caso contrário, a água poderá ficar turva e o seu trabalho para limpá-la será ainda maior.

E lembre-se: quanto menos se precisa fazer para manter a piscina limpa, menos tempo e dinheiro serão desperdiçados.

Ducha antes da piscina: diversão segura

Não é apenas desagradável e trabalhoso lidar com uma água contaminada. É também uma questão de saúde! Quando o cloro não consegue cumprir a tarefa de combater os microrganismos, todos que entram dentro da piscina correm o risco de ficarem doentes.

Além disso, muitas pessoas relacionam o cheiro forte de cloro vindo da piscina como um sinal de que ela está limpa. O cheiro forte quer dizer que o produto está sendo oxidado por lidar com uma grande quantidade de contaminantes. Então ele será oxidado até o momento em que não houverem mais bactérias ou até que não haja mais cloro suficiente para isso.

Por isso não se engane: quanto mais limpa a água menor será o odor.

Tomar uma ducha depois de nadar também é importante

A ducha depois de nadar na piscina é fundamental para retirar os produtos químicos do corpo. Além de, é claro, remover bactérias que podem ter entrado em contato com você antes de serem eliminadas pelo cloro. Caso sejam deixados na pele, tanto o cloro quanto as bactérias, podem causar problemas ao seu bem-estar.

Temos um blog dedicado aos efeitos que o cloro pode ter sobre a nossa pele. Basta clicar aqui para saber mais!

Chegando até aqui, podemos concordar que a ducha é um acessório indispensável para se ter perto da piscina, certo? Não se esqueça dela toda vez que for entrar na água! E depois também!