Manchas na piscina de fibra: prevenção, causa e solução

19 de outubro de 2018
Manchas na piscina de fibra: prevenção, causa e solução

Se você for descuidado, quando menos esperar manchas vão aparecer na parede da sua piscina de fibra. Mas, muitas vezes, novos donos podem não saber ainda dos cuidados regulares que uma piscina precisa.
Vamos descobrir o que está por trás desse problema e ter certeza de que ele nunca mais aconteça!

As manchas na piscina de fibra não aparecem do nada

Ter uma piscina de fibra possui muitas vantagens. A manutenção é muito mais simples do que com os outros tipos de piscina e problemas com algas são raros. Mas a mancha pode ser um problema.
Existem muitas causas por trás das manchas em uma piscina de fibra. Mas a mais comuns dentre elas é o nível inadequado dos produtos químicos necessários para a manutenção. Afinal, eles sofrem mudanças com facilidade devido a fatores externos, como sujeira, folhas, etc. Por isso o teste diário dos níveis da água é ideal. O pH deve estar sempre entre 7,2 e 7,6, a alcalinidade entre 80 e 120 ppm e a dureza de cálcio entre 200 e 400 ppm. Para saber mais como manter a sua piscina balanceada acesse outro blog, preparado com mais detalhes que esclarecerão suas dúvidas!
manchas na piscina de fibra
O nível de cloro também é muito importante, já que ele desinfeta a água. É preciso mantê-lo entre 1 e 3 ppm. Com um kit de teste você pode ficar sempre de olho em todos esses níveis! Caso contrário, se algum deles estiver diferente dos números vistos, as chances das manchas aparecerem são grandes. Portanto, manter o equilíbrio das substâncias da água é a maneira mais fácil de evitar manchas na piscina de fibra.

Tipos de mancha

Existem dois tipos de manchas. As orgânicas, causadas normalmente por folhas, sujeira e outros detritos orgânicos. E as inorgânicas, causadas por metais, que podem acabar sendo acidentalmente introduzidos à piscina. A melhor maneira de distinguir as manchas orgânicas das inorgânicas é através da cor.

Orgânicas:

  • Manchas verde, com tons de marrom;
  • Manchas vermelhas, com alguns tons de azul.

Inorgânicas:

  • Manchas alaranjadas, como uma mistura de vermelho, marrom e verde;
  • Manchas escuras, com uma mistura de verde, azul escuro e preto;
  • Manchas verde-escuro, com tons de azul.

Como remover manchas da piscina de fibra?

Uma vez que você tenha uma ideia da causa da mancha, é hora de testar a teoria e confirmar a origem do problema. Afinal sabemos que identificá-las não é assim tão fácil. Principalmente quando as manchas não são tão grandes. Mas o fato é que as diferentes manchas na piscina de fibra possuem diferentes soluções.

Removendo manchas orgânicas na piscina de fibra

Para as manchas orgânicas um simples tratamento de choque (supercloração), seguido de escovação deve funcionar. Para realizar a supercloração (priorize fazê-lo durante a noite) você deve colocar cloro nas piscina até que ela fique em um tom cinza azulado. Mas tome cuidado para não usar mais de 20 gramas/m³. Tenha certeza de que o filtro e a bomba da piscina estejam funcionando para que a água seja limpa novamente. Em 24 horas a água já terá voltado ao seu estado normal. Durante o período de supercloração não esqueça de esfregar as manchas com uma escova macia para não danificar a piscina. Mas você deve esperar um pouco antes de começar, deixe o cloro agir algumas horas.
No caso de manchas grandes ou em excesso o processo terá de ser feito mais de uma vez.
Terminado o tratamento não se esqueça de adequar os níveis químicos da sua piscina! E não deixe também de mantê-la sempre limpa! Livre de folhas e outros detritos orgânicos que prejudicam o pH e causam as manchas na piscina de fibra.

Manchas inorgânicas na piscina de fibra

As manchas inorgânicas na piscina de fibra são causadas por metais e são um pouco mais complicadas. Mas, antes de tomar qualquer medida contra elas, você precisa ter certeza da causa. Manchas de metal podem ser facilmente confundidas com as manchas causadas por algas. Por isso, faça um teste utilizando comprimidos de vitamina C. Segure um comprimido contra uma das manchas por cerca de 30 segundos. Se a mancha desaparece ou clareia, então é causada por metal e não por algas.

1. Abaixe o nível de cloro para 0,0 ppm

Você deve comprar um produto para piscinas a base de ácido ascórbico para a remoção das manchas. Mas antes disso se certifique de reduzir o nível de cloro para 0,0 ppm usando um produto químico neutralizante, ou diluindo a água da piscina com água pura.
A redução do cloro é necessária pois ele consome o ácido ascórbico.

2. Abaixe o nível de pH para 7,2

Reduza o seu nível de pH para 7,2 caso ele esteja mais alto do que isso. Níveis elevados de pH causam manchas de metal e é disso que você precisa se livrar.

3. Utilize o filtro e adicione ácido ascórbico

Primeiramente, coloque o filtro da sua piscina em circulação. Você precisará de cerca de um quilo de ácido ascórbico para cada 10.000 litros de água. Então, a quantidade dependerá de piscina para piscina. Para utilizar o produto, coloque-o em um recipiente. Dessa forma despeje o ácido ascórbico pelas laterais da piscina, ao redor de todo o perímetro.
Após deixar o ácido circular por cerca de 30 minutos, você já será capaz de notar as manchas de metal desaparecerem da sua piscina de fibra. Se você ainda observar pequenas manchas após 30 minutos, adicione mais ácido ascórbico nesses pontos enquanto o filtro estiver ligado.
Após 24 horas de filtro ligado, todas as manchas devem ter desaparecido. Agora é só reequilibrar a química da água.

4. Coloque o cloro nos níveis normais

Seja cuidadoso ao adicionar o cloro e observe qualquer mancha no processo. Aumente o nível de cloro para 1,0 ou 2,0 e deixe assim por duas semanas. Você precisa manter o cloro no nível mínimo possível, dependendo do nível de ácido cianúrico ainda disponível na piscina. Para saber a quantidade certa, você pode usar um gráfico de cloro/ácido cianúrico e encontrar a quantidade exata de cloro livre que você precisa.
Depois de obter cloro ao nível recomendado, evite aumentar os níveis por cerca de duas semanas. Nesse período o ácido ascórbico será completamente consumido. Após isso, você poderá utilizar o cloro como de costume. Mas nada de excesso. Mantenha-o nos níveis adequados.

5. Como fazer com que as manchas não voltem

A melhor medida preventiva contra manchas metálicas é testar a água regularmente para verificar a presença de metais. Assim, você pode resolver o problema antes que as manchas se formem. Se a sua piscina for suscetível à contaminação por metal, então se certifique de usar um produto chamado sequestrante de metal.
Reforçamos a importância de manter o pH em seus níveis ideais. O pH abaixo do adequado é ácido. A água quando está ácida corrói os equipamentos da sua piscina. Isso pode introduzir na água metais, como o cobre. Consequentemente as manchas virão. Então, é vital também que você verifique que a fonte das manchas de metal não são devido a equipamentos enferrujados. Por outro lado, altos níveis de pH e cloro irão ativar qualquer composto metálico que não seja tratado pelo sequestrante.

manchas na piscina de fibra

Imagem: Shutterstock

Por isso, tenha certeza de ajustar os níveis de pH de acordo. Afinal, você não quer perder todo esse tempo retirando manchas quando poderia estar relaxando na sua piscina, certo?