Como é a estrutura de uma piscina?

17 de fevereiro de 2017
Como é a estrutura de uma piscina?

Com o clima tropical brasileiro, as piscinas vem ganhando cada vez mais espaço na casa dos brasileiros e,  para muitos, já é um item indispensável quando se pensa em construir uma casa ou escolher o lugar perfeito para morar.

Diversão para a família toda, uma piscina é muito mais complexa do que se pensa.

Há toda uma estrutura criada e projetada para, além de proporcionar momentos incríveis, dar a máxima segurança para você.

O principal componente estrutural da piscina é o tanque, ou reservatório, que pode ser revestido por diferentes materiais podendo variar de tamanho e formato.

As piscinas Henrimar são fabricadas em fibra de vidro e com uma barreira química que proporcionam maior durabilidade no revestimento.

Outra parte importante são as tubulações. Elas são as  grandes responsáveis pelo bom funcionamento do fluxo de água da sua piscina:

Tubulação de aspiração:é a parte do encanamento que une a mangueira de aspiração. Na maioria das piscinas a tubulação é colocada numa das paredes laterais, um pouco acima do equivalente a metade de sua altura.

Tubulação de coadeira:é a parte que recolhe a água da superfície da água através do skimmer, filtrando as partículas de sujeira e folhas, e até gorduras, antes que desçam para o fundo da piscina.

Tubulação de ralo de fundo:é ela que suga a água da parte mais funda da piscina através do ralo.

Tubulação de retorno:é a responsável por levar a água depois de filtrada de volta para a piscina.

Tubulação de esgoto:é por essa tubulação que a água é descartada para a rede de esgoto.

Outro item importante na estrutura de uma piscina é o filtro. É através dele que todas as impurezas ficam retidas na areia do filtro após serem filtradas da água.

Por fim, temos a bomba. Também conhecida como motobomba ou motor, é ela que possui a função de fazer a água circular por toda a piscina, inclusive pelas tubulações e pelo reservatório.

Todos motores da Henrimar possuem selo PROCEL, o que garante uma maior economia no gasto energético durante todo o período de funcionamento do motor.

Ainda que possua uma estrutura complexa, o funcionamento de uma piscina é simples.

A água fica armazenada no resevatório. Com as chuvas, o vento, poeira e folhas, assim como a gordura liberada pelo suor, pelos filtros solares e bronzeadores, a água fica repleta de impurezas, que são retidas pelo filtro.

Com a bomba ligada, a água é forçada a circular e passar pelas tubulações de água presentes em toda a estrutura da piscina. Assim, depois de passar pela bomba, chega até o pré-filtro e então ao filtro, onde a maioria das sujeiras são retidas para não poluírem a água da piscina.

Então a água volta para a piscina pela tubulação de retorno, podendo ser drenada de volta para a piscina, ou ser descartada diretamente para o esgoto.

A Henrimar possui mais de 50 modelos de piscinas em 14 linhas diferentes, e uma delas é perfeita para você e para sua família!

Na hora de escolher a piscina ideal, fale com quem entende do assunto! Visite uma de nossas revendas e coloque mais piscina em sua vida.