Por que você precisa testar o pH da água da sua piscina?

9 de outubro de 2020
Por que você precisa testar o pH da água da sua piscina?

Manter o equilíbrio químico da água da piscina colabora, não apenas para mantê-la limpa e própria para o banho, mas também ajuda a manter a integridade dos mais diversos equipamentos que fazem parte dela. Um dos elementos mais importantes para manter esse equilíbrio é o pH. Daí a importância de testar o pH com frequência.

Quando testamos o pH da água da piscina, estamos testando sua acidez. Seu nível pode variar entre 0 e 14. Se o pH estiver abaixo de 7,0, isso indica que a água é ácida. Um pH de 8,0 indica que ela é básica ou alcalina. Ambos os níveis não são recomendados. O ideal para uma piscina está entre esses dois pontos: 7,4 a 7,6.

Veja a seguir, em mais detalhes, por que você deve testar o pH da sua piscina:

Por que é importante testar o pH da piscina e mantê-lo balanceado?

Abaixo você vai conferir 4 das principais razões para você começar a testar o pH da sua piscina com frequência hoje mesmo. Fique ligado que você vai se surpreender.

Baixo e alto pHs causam irritação nos olhos e na pele

Como vimos, o pH baixo indica que sua água está ácida. E a água ácida não só causa irritação nos olhos e nas vias nasais, como também age negativamente sobre a pele. Tirando sua proteção natural e deixando a pele seca. E até mesmo com coceira. E os cabelos não saem ilesos! Eles se tornam quebradiços!

Os mesmos problemas também podem ocorrer caso o pH esteja alto. A razão para isso é que o corpo humano é naturalmente neutro na escala de pH. Então, se a água não se adequar a isso, nós acabamos saindo prejudicados.

Baixo pH é corrosivo

A água ácida não prejudica apenas quem for nadar, mas também a própria piscina. Uma vez que a acidez pode começar a corroer tudo. Desde equipamentos (bombas e filtros), como também outros acessórios presentes (escadas e outros tipos de suporte).

Alto pH inativa o cloro

Outra boa razão para testar o pH é que quanto mais alto ele estiver menos o cloro colocado na água é efetivo. Ou seja, o cloro, tão importante para combater microrganismos e manter a água limpa, deixa de conseguir realizar seu trabalho apropriadamente. Dessa forma, você acaba tendo que usar mais cloro, assim como gastar mais dinheiro.

Sem contar que sempre haverá o risco de se ter problemas com algas ou com água turva.

Alto pH deixa a água turva

Além do problema com o cloro, a água turva também pode ser causada por um pH muito alto porque, nessas condições, o cálcio contido na água não se dissolve adequadamente. Como consequência a água da piscina fica turva.

Se convenceu de que é fundamental testar o pH? Está em dúvida em como começar? São muitos os fatores que podem influenciar e alterar o pH da água da sua piscina, mas com um pouco de prática e atenção, é possível garantir uma água ideal para que todos possam desfrutar dela sem risco!

Acesse Água limpa e saudável: o que significa uma piscina com pH balanceado? e descubra a melhor forma para manter o pH sempre balanceado!