Melhor piso para piscina: como escolher?

17 de novembro de 2017
Melhor piso para piscina: como escolher?

Nada melhor para enfrentar o calor intenso do verão do que desfrutar de uma bela piscina em sua casa, não acha? Além de proporcionar momentos de diversão e relaxamento, ela é um excelente objeto de decoração. Para isso, é preciso um projeto arquitetônico que a valorize. Depois de escolher o melhor modelo de piscina para a sua casa, é preciso planejar como será o seu entorno. Isso envolve analisar os diversos tipos de materiais que podem ser utilizados. Neste blog vamos ajudar você a escolher o melhor piso para piscina e área ao redor, confira:

Com o que devo me atentar na hora de escolher o piso?

O melhor piso para piscina deve ter duas características imprescindíveis: Ser atérmico e antiderrapante. Para garantir o conforto e a segurança, escolha somente pisos assim tanto para a borda quanto para o espaço ao redor. A área da piscina normalmente é um espaço descoberto. Assim, ela fica diretamente sob o sol, por isso é importante que o piso tenha efeito atérmico. Além disso, o piso não pode ser muito liso, para que não fique escorregadio quando estiver molhado.

Que tal conhecer um pouco mais sobre os revestimentos para o entorno de piscinas? Separamos aqui alguns dos materiais mais utilizados:

Pedras


As pedras são o tipo mais utilizado no entorno de piscinas. São resistentes, atérmicas, antiderrapantes e apresentam baixa absorção de água. Por conta da sua resistência, é possível utilizar diversos objetos sobre ela. Você poderá decorar sua área com mesas e espreguiçadeiras, sem se preocupar. É o melhor piso para piscina no quesito custo-benefício, pois é muito durável

Mármore


O mármore, além de apresentar diversos tons e texturas, possui uma beleza única. É um revestimento caro e extremamente elegante, que dá um toque de sofisticação ao ambiente.
É importante ressaltar que o mármore não é indicado em locais de muito trânsito de pessoas. Ele é um material mais mole e menos resistente. Além disso, é mais poroso e absorve mais água do que o granito e outros materiais. Dessa maneira, fica mais suscetível a manchas e ao escurecimento. Outro detalhe importante: ele é indicado apenas para ambientes internos. O mármore se decompõe em contato com a chuva ácida, portanto, deve ser usado apenas em piscinas indoor, É o melhor piso para piscinas internas e sofisticadas, porém tem um preço bem salgado.

Madeira


A madeira é um dos tipos de piso mais procurados para o entorno da piscina. Ela confere um estilo diferente para sua piscina. Seu custo de manutenção é relativamente elevado se comparado aos outros. A madeira exige cuidados para que não se deteriore em contato com água e luz solar. Além disso, é muito importante que esse material receba um tratamento específico com verniz e inseticidas para evitar a infestação de cupins.

Granito


O granito é um material muito versátil. Ele traz beleza e elegância ao ambiente e é conhecido por sua durabilidade e facilidade de limpeza. Ele é extremamente resistente e ainda oferece adequação térmica. Atenção: o granito não pode ser polido, pois perde a sua característica antiderrapante.

Cerâmica


Por terem um baixo custo em relação aos outros materiais que apresentamos, os pisos de cerâmica são muito procurados. Eles são disponíveis em inúmeros tamanhos, cores e texturas. Isso amplia as possibilidades decorativas do seu ambiente. Além disso, eles são resistentes à exposição ao sol. Porém, são mais suscetíveis a manchas com o passar do tempo. Ao escolher o melhor piso para piscina, lembre-se das duas qualidade necessárias! Seu piso cerâmico deve ser atérmico e antiderrapante!

Agora ficou mais fácil escolher, né?

Existem diversos tipos de pisos que podem ser utilizados para levar conforto e beleza ao entorno da sua piscina. Em meio a tantas opções, é necessário analisar os pontos positivos e negativos de cada material antes de tomar a sua decisão.