Você já ouviu falar no gerador de cloro?

1 de fevereiro de 2019
Você já ouviu falar no gerador de cloro?

Os geradores de cloro são uma grande inovação na rotina da manutenção de uma piscina. Ele proporciona proteção contra bactérias transformando sal em cloro automaticamente. Isso mesmo: geradores de cloro utilizam sal comum para produzir o cloro que a água de uma piscina precisa para ficar própria para o banho.

Como os Geradores de Cloro funcionam?

Ao ser instalado, o gerador de cloro salinizador é conectado à bomba e ao sistema de filtração da piscina. Tendo feito isso, sal comum é adicionado normalmente à água. A quantidade colocada deve ser em um nível que não incomode ao nosso paladar, o que seria menos do que uma colher de sopa por galão (cerca de 4 litros).
Quando a água salgada passa pelo gerador uma corrente elétrica é aplicada ao sal, transformando-o assim em cloro puro. E ele é então distribuído para a água da piscina. E faz o mesmo trabalho que o cloro comum faria: desinfeta a água e a livra dos germes.
Você pode saber mais sobre o cloro neste texto.
Uma das vantagens desse sistema é que haverá um momento no qual o sal transformado em cloro pelo gerador se romperá. O que significa que ele voltará ao seu estado original. Portanto, o sal adicionado à piscina não é consumido e sim reciclado continuamente. Porque quando o cloro volta a ser sal, ele é novamente processado pelo gerador.
Conforme a piscina for utilizada, porém, o sal será aos poucos perdido. É inevitável. mas você não precisará adicioná-lo com frequência.

Quais os benefícios do Gerador de Cloro?

Muitas pessoas reclamam que o cloro irrita a pele, os olhos, tem cheiro forte e uma série de outros problemas. Algumas chegam a dizer que têm alergia ao cloro – apesar de sabermos que isso não acontece, como explicamos aqui.
Mas esse não é o caso quando utilizamos o sal. Ele produz um cloro natural. Nada de substâncias tóxicas.
Um gerador de cloro garante uma água que:

  • É limpa e transparente;
  • É suave, não ressecando a sua pele;
  • Não deixa os seus olhos vermelhos e irritados;
  • Não tem odores químicos;
  • Não desbota as roupas de banho;
  • É ecológica: uma água com menos produtos químicos, faz um baita bem para o meio ambiente;

Desvantagens do Gerador de Cloro

Mas é claro que não existem apenas vantagens:

  • Corrosão: o alto nível de salinidade faz com que materiais de metal ou galvanizados corroam mais rapidamente. A solução para esse problema é a utilização de outros materiais. Caso isso não seja possível, para o que for galvanizado vale aplicar spray anticorrosivo para diminuir a velocidade do processo. Para os metais, uma boa maneira para evitar isso é enxaguá-los periodicamente com água fresca;
  • Nível de cloro: o gerador de cloro garante uma água mais suave, já que seu cloro não é tóxico. Como resultado, quando os níveis de cloro estão muito altos não somos capazes de perceber e isso pode afetar a piscina, bem como o seu equipamento. Para que isso seja evitado, basta conferir os níveis de cloro semanalmente;
  • Custo: o gerador de cloro requer um investimento inicial maior e a célula, componente do equipamento, dura de 4 a 8 anos e precisará ser eventualmente substituída. Além disso, o gerador de cloro precisa estar em trabalho contínuo para manter a qualidade da água, isso traz acréscimos na conta de energia;
  • Impróprio para piscinas aquecidas;
  • Incrustações: limpeza da piscina precisa ser feita com mais regularidade. O processo de transformação de sal em cloro traz mais calcário para a água, o que acelera o processo de corrosão na piscina. Por isso a importância da limpeza

Existem outras alternativas ao uso do cloro”, sobre as quais já falamos aqui no blog.

gerador de cloro

Imagem: Shutterstock