5 brincadeiras para fazer e para NÃO FAZER na piscina

15 de março de 2019
5 brincadeiras para fazer e para NÃO FAZER na piscina

Sair de casa nem sempre é a melhor maneira de aproveitar os momentos de lazer e, no calor que está fazendo, fazer brincadeiras na piscina parece muito mais atraente do que qualquer outro lugar. Além disso, com as crianças em casa nada melhor do que encontrar maneiras divertidas para passar o tempo.
Tendo isso em mente, a gente preparou algumas brincadeiras para piscina que elas com certeza irão adorar! Só que também trouxemos dicas do que é melhor não fazer… Dá para aproveitar a sua piscina de diversas maneiras e de um jeito seguro.

5 brincadeiras para fazer na piscina

Gelo na água

O gelo na água parece ser uma brincadeira bastante simples, mas apresenta vários desafios. Antes de começar você deve dividir os participantes em duas equipes. O objetivo é encontrar os cubos de gelo arremessados dentro da piscina. O time que conseguir mais cubos, ganha. Mas não pode mergulhar para encontrá-los! Os jogadores devem procurar com a ponta dos pés mesmo.
Além disso, não podemos esquecer que o gelo é transparente e que derrete. Então, é preciso se apressar para conseguir.

Disputa da camiseta congelada

Mais uma brincadeira bem gelada para fazer na sua piscina.
Coloque 2 camisetas bem molhadas no congelador durante 2-3 dias. Quando chegar a hora da brincadeira, tire as camisetas do congelador e divida as pessoas em dois times.
O objetivo é descongelar o objeto e colocá-lo em um dos integrantes da equipe. Cada grupo deverá tentar de tudo ao seu alcance dentro da piscina para conseguir fazer isso. Mergulhar a camiseta, usar as mãos, a respiração etc. A cada 15 segundos, um membro diferente da equipe tenta descongelá-la. Peça para alguém gritar “mudar” a cada 15 segundos para marcar o tempo.
A primeira equipe a descongelá-lo e colocá-la em um dos seus companheiros de equipe ganha.

Empurre o pato

Empurre o pato é uma brincadeira fácil para se fazer na sua piscina. O nome indica um pato de borracha, mas nada impede que você utilize outros objetos de borracha que flutuem na água.
Coloque 3 ou 4 jogadores em um dos lados da piscina, dando um pato de borracha para cada um deles. O objetivo é simples: levar o pato até o outro lado. Aquele que primeiro conseguir isso, ganha o jogo. Mas para conseguir os participantes não podem morder o pato para levá-lo preso na boca. Também não podem tocar o pato com as mãos ou com os pés. É permitido empurrar com o nariz, soprando, fazendo ondas com a água etc.
Além disso, cada jogador também pode tentar atrapalhar seu adversário jogando água no rosto dele ou jogando água em direção ao seu pato. Mas nada de tocá-los também.

Corrida com melancias

Crianças adoram disputar corridas. Mas e se elas tiverem que fazer isso carregando uma melancia? Nessa brincadeira, os jogadores devem levar uma melancia de um lado ao outro da piscina sem tocar o fundo da piscina com os pés.
Podem ser feitos tanto corridas individuais como em equipe.
Depois, quem sabe, todo mundo pode se hidratar ainda mais comendo a melancia para aproveitar ainda mais a piscina.

P.E.I.X.E

Um dos participantes fará alguma coisa e os outros jogadores terão de copiá-lo. Por exemplo, se o “comandante” fizer saltos na água, os outros também terão fazer saltos.
Se um dos participantes não puder realizar a tarefa, ele ganhará a primeira letra da palavra PEIXE. Aquele que ganhar todas as letras para formar a palavra perde o jogo.

Brincadeira na piscina

Imagem: Shutterstock

5 brincadeiras para NÃO fazer na piscina

Combate com macarrão de espuma

Essa brincadeira pode ser bem divertida para fazer nos momentos de lazer na piscina. Nela as crianças ficam em boias e usam macarrões de espuma para simular batalhas que tem por objetivo derrubar seu adversário da “montaria”.
Mas atenção. Essa brincadeira deve ser feita com as crianças sentadas. Nada de ficar em pé sobre as boias. Não é uma superfície segura e firme para se manter em equilíbrio. Não é difícil de imaginar o que pode acontecer caso a criança não caia em uma área segura da água e sim na borda da piscina.

Baleia

Vamos falar sobre as regras desse jogo e você facilmente irá perceber o porquê não é recomendado. Um jogador fica fora da piscina enquanto observa os outros participantes. Aquele que está fora tenta pular sobre um jogador dentro da piscina para, como uma baleia, afundá-lo.
É fácil de perceber o quanto é perigoso apesar das pessoas normalmente gostarem de fazer isso com frequência. Então não inclua essa brincadeira na sua piscina.

Brincadeiras que envolvem o lado de fora da piscina

Nem todos os decks são antiderrapantes e quando crianças estão se divertindo é bem provável que elas saiam correndo por aí. Por isso, tome cuidado com pisos escorregadios. Quedas são uma das causas mais comuns de acidentes na piscina. Então, evite brincadeiras que unam a piscina ao deck.
A brincadeira da camiseta, por exemplo, originalmente envolve correr por todo o quintal, batendo a camiseta no chão ou utilizando a mangueira para ajudar a descongelá-la. Por isso, mudar levemente as brincadeiras quando necessário pode ser uma boa ideia para tornar passa-tempos na piscina mais seguros e divertidos.

Objetos quebradiços ou afiados

Há brincadeiras onde se deve levar um copo de água de um lado ao outro da piscina. Ou outras que objetos são jogados e eles devem então ser encontrados como em uma espécie de caça ao tesouro.
Quando for fazer esse tipo de brincadeira, não utilize em hipótese alguma objetos de vidro, pontudos ou qualquer outro objeto quebradiço que possa se perder dentro da água.
Além disso, beber com tais objetos nas proximidades da piscina também não é aconselhável. Eles são transparentes e quebradiços. Se caírem e quebrarem dentro da piscina serão muito difíceis de encontrar.
Não deixe que os bons momentos na sua piscina acabe mal.

Brincadeiras sem supervisão adulta

Aqui não falaremos propriamente de uma brincadeira, mas quando crianças e piscina estão envolvidas é sempre importante reforçar o recado. Ainda que os pequenos sejam bastante agitados e seja tentador deixá-los se divertindo enquanto você se concentra em outra tarefa, não deixe de ficar de olho neles.
Muitas pessoas, a maioria delas crianças, sofrem acidentes, muitos deles bem graves, em piscinas todos os anos. O afogamento é apenas um dos perigos. Já percebemos isso com as outras brincadeiras que devem ser evitadas na piscina.
A segurança vem em primeiro lugar! Recomendamos que leia nosso blog sobre 5 motivos para ensinar seu filho a nadar! Além de evitar perigos, também é ótimo para o bem estar deles.
Então, lembre-se de sempre ficar atento. Supervisione as brincadeiras e também faça parte delas.

Brincadeira na piscina

Imagem: Shutterstock

Faça boas memórias com a sua família na sua piscina. Não tenha medo de ser criativo. Até mesmo brincadeiras simples que não exigem muito deixam as crianças bem animadas. Veja outras brincadeiras em nosso blog que você também pode fazer!