Hibernar sua piscina: uma ótima opção para o inverno – e para o seu bolso

Nas últimas postagens do blog, você tem acompanhado diversos cuidados para tomar com a sua piscina durante o inverno. A hibernação pode ser uma das opções caso você prefira o edredom do que a água.

O inverno está se aproximando e, com a queda da temperatura, o ideal é não manter a piscina em uso durante vários meses, ainda mais se ela estiver localizada ao ar livre e não possuir aquecimento. Claro que isso depende do clima da sua região, mas caso você decida aposentar sua piscina por algum tempo, o ideal é hiberná-la.

Hibernar minha piscina? Como assim?

Lembra da hibernação dos ursos? O conceito é o mesmo. Hibernar sua piscina nada mais é do que adotar determinados procedimentos que irão preparar sua piscina para dias de temperaturas mais agressivas. Esses procedimentos evitam que ela sofra algum dano, sejam elas causadas por condições meteorológicas ou pela falta de uso.

Vantagens da hibernação

A água, quando parada por muito tempo, pode trazer uma série de problemas para a sua piscina, como o aparecimento e proliferação de bactérias e algas. Isso pode levar a uma série de problemas e alguns danos – sobretudo causado pelas algas – podem ser irreversíveis para a fibra da sua piscina.

Regiões que possuem quedas de temperatura muito bruscas, a formação de gelo pode danificar a estrutura da sua piscina, desde o skimmer até a canalização.

Assim, hibernar sua piscina poupa tempo – e dinheiro – durante o período em que ela não esteja em uso, assim como diminui o trabalho na hora de colocá-la em funcionamento novamente.

Como saber quando devo começar o processo?

Isso vai variar muito de acordo com a sua região. Por exemplo, estados mais ao sul do país possuem temperaturas mais baixas em épocas como o outono e o inverno, enquanto o norte e nordeste possuem temperaturas tropicais durante quase o ano todo.

Com as irregularidades que temos observado, a melhor maneira de saber quando hibernar sua piscina é avaliar o clima de sua região.

GUIA RÁPIDO PARA HIBERNAR SUA PISCINA:

– Remova todos os detritos e resíduos (folhas, insetos, etc)

– Escove as paredes internas da piscina;

– Se necessário, aplique o algicida;

– Desative todo o equipamento: bombas, sistemas de aquecimento, temporizadores e aspiradores;

– Reduza o nível da água para, mais ou menos, 50 centímetros abaixo do skimmer;

– Esvazie toda a canalização;

– Cubra sua piscina para garantir que não caiam resíduos e que a chuva não aumente o nível da água.

Ainda que o processo pareça muito trabalhoso, a recompensa é muito maior! Mas lembre-se, mesmo com a piscina hibernada, é necessário alguns cuidados. Verifique o estado e o nível da água, da cobertura e também da canalização. Afinal, a melhor solução é sempre a prevenção!

Os comentários estão fechados.