O que acontece com o seu corpo – e o seu organismo – quando você nada?

Se você já for adepto a natação, sabe dos inúmeros benefícios que ela trouxe, e traz para a sua saúde. Isso porque essa atividade trabalha praticamente todos os músculos do corpo, aliviando tensões diárias e auxiliando no fortalecimento muscular. Mas nadar vai mais além!

Uma pesquisa da Universidade da Carolina do Sul constatou que homens e mulheres, de idades variadas, praticantes de natação, contavam com taxas de mortalidade 50% inferiores a aqueles que possuíam uma vida sedentária. A explicação para isso se deve a diversos fatores que, combinados, tornam a natação uma das atividades físicas mais completas, independentemente da idade do praticante.

Quais as vantagens da natação?

Muitas pessoas sofrem com as dores e os incômodos provocados pelo início da prática de exercícios físicos. Com a natação é diferente. Por ser um exercício aeróbico, ela trabalha todo o sistema esquelético, sem proporcionar grandes impactos, reduzindo assim as dores durante a fase de adaptação.

Pessoas que possuem inflamações nas articulações, a famosa artrite, também tem muito a ganhar com essa prática. Os alongamentos realizados dentro d’água ajudam a fortalecer os músculos e aliviam as articulações mais rígidas. Essa prática é melhor realizada em piscinas aquecidas e podem diminuir significativamente as dores.

A natação também é uma ótima maneira de aumentar a força e o tônus muscular. Isso acontece pelo fato de água contar uma densidade maior que o ar (cerca de 12%) e essa resistência ajuda na definição dos músculos.

Nadar desafia o seu corpo!

Também é possível cuidar do coração dando algumas braçadas

Além de fortalecer os músculos do peitoral, ela fortalece o coração, ajudando no bombeamento do sangue para todo o corpo. Além disso, a natação é um dos exercícios funcionais mais eficazes na prevenção de inflamações no organismo, reduzindo também as chances de complicações cardíacas.

Controlar a diabetes e colesterol também é mais fácil se você praticar exercícios aquáticos.  Esse tipo de atividade contribui no equilíbrio dos níveis de colesterol HDL e LDL e cada 500 calorias queimadas reduz, em média, até 6% o risco de diabetes.

Recomenda-se pelo menos 30 minutos diários de nado por dia. Isso ajuda a manter a pressão sobre controle e, no caso das mulheres, reduz a possibilidade de doenças coronárias em até 40%.

Outros exercícios podem ajudar a ssude de toda a família, e você pode conferir neste post
Mas lembre-se! Sempre consulte um profissional antes de realizar qualquer tipo de atividade física.

Os comentários estão fechados.