Kit de Limpeza

Para o bom funcionamento de uma piscina é importante mantê-la limpa, para isso há algumas dicas que irão ajudá-lo na hora de cuidar da sua piscina.

A primeira dica é ter um kit de limpeza que ajudará nos cuidados com ela. A Henrimar vende um kit de limpeza que possui mangueira, rodo, peneira, adaptadores, haste e estojo de testes para controle do PH do Cloro na água da piscina.

Com o kit em mãos, a manutenção fica mais fácil, podendo até em uma emergência, ser feita sem um profissional especializado na área.

Como limpar a piscina:

– O primeiro passo é começar pelo contorno da piscina. Caso esteja coberta por um lona, retire toda a água e sujeira acumulada nela. Em seguida, retire todos os detritos e a água no sentido oposto;

– Aplique um produto específico para a limpeza do rebordo;

– Esvazie o depósito do filtro e limpe-o para não ter a possibilidade de entupimentos. Sempre verifique o conjunto de filtragens para um bom funcionamento;

– Fique de olho no acúmulo de folhas na superfície da piscina e escolha sempre um dia da semana para poder retirá-las. Esse tipo de sujeira maior pode prejudicar o fluxo da água, por causa de possíveis entupimentos no filtro;

-Use a rede para retirar as folhas e limpe bem a superfície da piscina;

– Para piscinas de fibras Henrimar use sempre uma escova de cerdas macias,
esfregue as laterais da piscina para evitar que algas se fixem nelas antes que comece a manchar. É importante fazer esse procedimento toda a semana, defina um dia para fazer esse procedimento e mantenha sempre que possível.

– O uso do cloro é imprescindível, pois esse produto irá agir como um desinfetante na água da piscina. Sempre use de acordo com as instruções do fabricante. O nível do cloro na água deve sempre estar entre 1.0 e 3.0 ppm (partes por um milhão). Para cada 1000 litros de água, use cerca de 3 a 4 gramas de cloro. O uso da piscina só é permitido após 1 hora depois da aplicação do cloro.

A limpeza das piscinas deve ser constante, inclusive no inverno quando há uma diminuição do uso. Sua importância é essencial para evitar gastos excessivos de água ou produtos químicos e para evitar doenças transmissíveis aos banhistas e o surgimento de larvas de insetos como da Dengue.

Os comentários estão fechados.