É preciso falar de piscina e frio – práticas físicas embaixo d’água é pura saúde!

Para muitos, a época do frio é o período mais esperado do ano, enquanto para outros, esse período é um tormento, principalmente para quem pratica exercícios físicos dentro da piscina. Se para você o outono e o inverno se resumem em ficar embaixo do edredom e consumir fondue, está na hora de mudar seu conceito.

Durante o inverno a umidade do ar fica mais baixa e as menores temperaturas condicionam para uma vasoconstrição que dificulta a respiração, contribuindo, e muito, com os maiores índices de casos de bronquites e asmas. E não tem jeito, para ficar longe de problemas de saúde, sobretudo os respiratórios, é necessária a prática regular de exercícios físicos.

A natação é um esporte recomendado para crianças e adultos que sofrem com doenças respiratórias, isso porque as práticas desse esporte aumentam o período de remissão das doenças, devido a vários fatores. A umidade da água ajuda nas trocas gasosas e os próprios elementos físicos ajudam na expansão de todo o tronco, facilitando a respiração. A pressão hidrostática, que é a força exercida em um corpo dentro da água, ajuda na expiração, a maior dificuldade de quem sofre com asma, além de contribuir com o fortalecimento do sistema cardiorrespiratório.

Para qualquer prática de exercícios físicos, é importante levar em conta que, nos dias de frio, as lesões são mais suscetíveis de acontecer, devido às dificuldades de aquecimentos em algumas articulações, contudo, uma notícia feliz: essas lesões são menos possíveis de ocorrer debaixo d’água.

Algumas medidas, no entanto, podem deixar a sua experiência com a piscina no frio ainda melhor: ao sair da água tenha sempre um agasalho disponível, não tome um banho muito quente, sabemos que é tentador, contudo temperaturas elevadas podem proporcionar um choque térmico. É importante também tomar cuidado com os ouvidos e secar bem os cabelos após sair da piscina.

As práticas físicas na piscina no inverno são uma questão de treino, quanto mais você pratica, melhor a performance. É bom lembrar de sempre utilizar a touca, recomendando-se o uso de até duas, uma em cima da outra, pois perdemos até 60% de calor pelas extremidades do corpo.

Com essas dicas, vale não deixar a piscina de lado no inverno. Não perca seu ritmo e tenha mais saúde e qualidade de vida.

Os comentários estão fechados.