Cachorro na piscina

Quem tem animais em casa sabe os cuidados que devem ser tomados com vários objetos, mas e quando a família tem cachorro e piscina? Como não ter problemas?

Alguns cachorros não se familiarizam com água e tentam ficar o mais longe possível de piscinas e mangueiras, porém existem alguns que adoram  e fica difícil evitar a farra na piscina.

Existem raças de cachorros de grande porte como: Labrador e Golden Retriver que são conhecidas por amarem um tchibum ! Se você tem, ou pretender ter um cachorro dessas raças e possui piscina, já sabe.

Se você prefere evitar que seu cão caia na água, coloque uma grade em volta da piscina. Esta é uma boa opção para evitar que o cachorro entre na piscina ou entre somente quando seu dono estiver junto para assim evitar problemas, como afogamento.

Existem também alguns equipamentos como um colete salva- vidas e uma escada submersa para o cão sair da piscina sem ajuda e sofrimento. A escada é instalada facilmente, ela é apenas conectada a escada normal por onde as pessoas saem na piscina.

Para os cães que não são amantes da água, e você deseja que eles usem a piscina, uma dica é jogar seus brinquedos na água para incentivá-los a entrarem para buscar os brinquedos. Assim o animal vai se familiarizando com a água e perdendo o medo, mas sem pressão.

Com o calor nada melhor do que se divertir com seu cachorro na piscina da sua casa, mas sempre tomando todos esses cuidados para evitar situações perigosas. Além de se refrescarem  os cachorros fazem uma atividade física dentro da piscina o que é muito bom para a saúde.

Após toda a brincadeira não se esqueça de secar a orelha dos animais, para evitar acúmulo de água que pode acabar gerando uma infecção de ouvido.

Depois de todas essas dicas, que tal curtir o final de semana com seu cachorro na piscina?

Os comentários estão fechados.