Água: alguns mitos e verdades

Tenho certeza de que você já ouviu diversas advertências dos seus pais, tios e avós sobre comer e entrar na piscina. Alguns mitos passam de geração para geração e acabam sendo confundidos com fatos.

Mas afinal, o que é um mito?

Um mito é uma narrativa contada oralmente e passada entre gerações. Antigamente, era utilizado pelos gregos para explicar os fenômenos da natureza, as origens do mundo e do homem, que não eram entendidos.

Essa cultura transpôs séculos, passou de geração para geração e até hoje convivemos diariamente com mitos que passaram a ser confundidos com verdades e enganam muitas pessoas.

Quando falamos em piscinas, não é diferente. Muitas vezes causa confusão pensar no que é verdadeiro ou falso, por isso reunimos aqui alguns mitos e verdades para você não ficar mais na dúvida!

Nadar depois de comer, pode?

Não pode. Nadar exige um grande esforço dos vasos sanguíneos e se esse processo é feito logo após uma refeição, o sangue que deveria ser direcionado para a digestão, é redirecionado para os músculos, podendo causar má digestão, câimbras, aumentando o risco de afogamento.

O ideal é esperar, pelo menos, uma hora depois de comer, para nadar. No entanto, se a água não estiver muito gelada, e você não fizer muito esforço ou movimentos, entrar na água está liberado.

O cloro deixa os olhos irritados?

Irritação nos olhos pode indicar que pH da água está desequilibrado. A solução é pegar seu estojo de testes, avaliar e depois ajustar o problema com o tratamento ideal.

A água da piscina deixa o cabelo verde?

Se a água da sua piscina tiver cobre em excesso, pode sim deixar seus cabelos esverdeados. Por isso, na hora de escolher os produtos de tratamento, dê preferência àqueles que não possuem cobre na sua composição.

O cloro indica se a água está bem tratada?

Ainda que os níveis de cloro estejam dentro da faixa indicada, diversos outros fatores podem influenciar a purificação e o tratamento da água da sua piscina. Por isso, manter a limpeza diária ou semanal da sua piscina é imprescindível. Como? Aspirando, filtrando e drenando de maneira correta.

Cheiro de cloro na piscina indica que coloquei produto demais?

Muito pelo contrário. O cheiro persistente de cloro na água da piscina pode indicar que a quantidade utilizada não é o suficiente para realizar a purificação da água.

Os comentários estão fechados.