A importância da água para o organismo

A água é indispensável para a vida humana. Representa em média 60% da quantidade de peso de um adulto e em crianças pequenas, esse percentual sobre para 70%. Um elemento de grande importância para o organismo, sendo a principal composição das células e um poderoso solvente biológico natural, determinante para as reações químicas internas. Ela está presente em todo processo metabólico e em cada pedaço que compõe o corpo humano. Mesmo não contendo nenhuma caloria, conseguimos viver apenas cerca de 7 dias sem ela, enquanto, sem comida, dois meses.

Ao longo da evolução humana, o corpo desenvolveu um sistema muito inteligente que determina a quantidade exata que é necessária de água para cada função do organismo, e a sede é um mecanismo infalível de aviso de que o reservatório está acabando. Muitas pessoas, no entanto, ignoram esse sinal, principalmente em dias mais frios. É recomendada a ingestão diária de 2,5 litros de água para adultos, mesmo assim não há uma diretriz específica para o consumo de água, pois esse volume é afetado pelo o que se come, peso, nível de atividade física e as condições ambientais do espaço em que se vive.

Muitas pessoas carregam para cima e para baixo as suas garrafinhas de água e entre um gole e outro, mantém o corpo hidratado. Uma boa hidratação corresponde a um corpo saudável, protegendo de pedras nos rins, prisão de ventre, AVCs e variação de pressão, além de ser importantíssimo para os diabéticos.

O consumo de água pura é o mais recomendável, porém outros líquidos são bem-vindos, contribuindo com a necessidade de cada pessoa. Chás, cafés, sucos e a água contida nos alimentos formam a hidratação perfeita para o organismo. Refrigerantes e sucos industrializados causam mais malefícios que hidratação, então fuja deles!

Os riscos da desidratação

Sem água, a máquina humana não funciona e pode sofrer efeitos debilitantes. Estudos apontam que a falta de água no organismo causa problemas de atenção, concentração, ds tempo de reação, dificuldades de aprendizado, problemas na memória, instabilidade no humor e raciocínio lento, além de causar dores de cabeça, cansaço intenso e crises de ansiedade.

Os idosos entram no grupo de risco da desidratação. Com o envelhecimento, algumas funções vão se tornando menos eficazes, e o mecanismo da sede é afetado. Sem o indicador do nível do reservatório, o consumo de água caí, representando um risco à saúde.

Lembre-se sempre: beba água! Se está muito cansado, beba água; se está muito estressado, beba água, antes das práticas físicas e depois, antes de dormir e após o acordar. Beba água para comemorar a vida, afinal, é graças a ela que você está vivo!

Referência:

Tua Saúde: http://www.tuasaude.com/beber-agua/

Os comentários estão fechados.