Alongamentos para fazer na piscina: cuide do seu corpo e da sua mente

22 de março de 2019
Alongamentos para fazer na piscina: cuide do seu corpo e da sua mente

A maioria das pessoas esquece de se alongar. Há um mito de que este hábito deve estar atrelado à musculação e exercícios físicos. Mas esse é um hábito que continua a ser importante ainda que o objetivo não seja preparar os nossos músculos para fazer atividade física! Mesmo que não se exercite tanto na sua piscina, você ainda pode tirar vantagens do alongamento. Tudo com muito mais facilidade enquanto relaxa no calor do verão.
Conheça com a gente algumas formas de você se alongar na sua piscina. E lembre-se: todos os alongamentos devem ser feitos durante, pelo menos, 10 segundos.

1. Alongamento contra a parede

Nesse alongamento, olhando para a parede da piscina, levantamos uma das pernas à frente, até cerca de 1 metro de altura. Apoie-a na parede da piscina e deixando a outra no chão. Em seguida, devagar, dobre a perna que está elevada e aproxime o corpo da parede até sentir o alongamento na região da virilha. Depois de 10 segundos, faça o mesmo com a outra perna.
Objetivo: para os nadadores, alongar os músculos da virilha permite que as pernas flutuem melhor ao nadar. Além disso, também protege a parte inferior das costas.

2. Alongamento com as mãos nas costas

Recomendamos que faça esse alongamento em uma borda rasa da piscina para que não haja dificuldades. Apoie as mãos na borda da piscina, de costas para ela. Com uma distância entre os braços equivalente à dos ombros. Então, muito lentamente, avance o corpo para a frente até sentir um forte alongamento nessa região. Segure por 10 segundos, agite os braços e repita o alongamento.
Uma vez alcançado o alongamento máximo, você também pode levantar a perna levemente em direção à superfície da água e segurar por mais 10 segundos.
Objetivo:além de alongar o deltóide anterior, o bíceps e os músculos peitorais, esse alongamento na piscina é especialmente vantajoso para os que não são flexíveis. Ajudando a levantar o cotovelo para cima de forma indolor e liberando tensão e estresse.

3. Alongamento para dor nas costas

Nesse alongamento levantamos a perna cerca de um metro, apoiando-a na borda da piscina. A outra perna precisa ficar reta no chão enquanto você inclina a cabeça em direção ao joelho. Não é necessário tocar o joelho com a cabeça. Apenas tente alcançar o máximo que puder.
Durante esse alongamento não segure os dedos dos pés, coloque as mãos embaixo do joelho para não esticar o músculo gêmeo.
Objetivo: esse alongamento é muito importante para pessoas que sofrem com dores nas costas.
Caso sinta dificuldades e dor ao apenas levantar a perna, preste atenção no alongamento que ensinaremos a seguir. Depois de cerca de 1 mês, você já estará aliviado e poderá levantar a perna normalmente.

4. Alongamento na piscina com nadadeiras

Se a flexibilidade não for o seu forte, você precisará de uma nadadeira para realizar esse alongamento na sua piscina .
Apoie as costas na parede e levante uma perna, já com a nadadeira. A nadadeira é importante para que você consiga manter a posição pelo tempo necessário, ao segurá-la. Com qualquer uma das mãos, agarre a ponta da nadadeira e puxe a perna na sua direção.
Se você já for flexível, pode segurar diretamente a ponta dos pés, sem precisar do auxílio da nadadeira.
Objetivo: nesse exercício alongamos os músculos da parte inferior das costas. Pessoas que não são flexíveis ou sofrem dores nas costas não conseguem levar a cabeça até os joelhos, como já vimos. Portanto, aqui você ganha elasticidade e reduz a carga das pernas e dos músculos das costas .

5. Alongamento com o tornozelo

Nesse alongamento colocamos o pé de frente para a parede. Distante o suficiente apenas para que possamos dobrar os dedos ao apoiá-los na parede e manter o calcanhar levemente levantado: cerca de 10cm, dependendo do tamanho do seu pé. Além disso, também é importante manter a perna reta. Uma vez feito isso, precisamos inclinar um pouco para a frente para que o alongamento seja potencializado.
Objetivo: alongamos a região do tornozelo e músculos ligados a ele. Com o alongamento do tornozelo sofreremos menos pressões e a caminhada ficará mais leve.

alongamento na piscina

Imagem: Shutterstock

6. Alongamento levantando o calcanhar

Aqui, dobramos a perna para trás o máximo que conseguimos, levando a perna até os glúteos. É recomendado ficar de costas para a parede da piscina nesse alongamento para que se possa segurar nela e manter a postura correta durante o exercício. Após 10 segundos, faça o mesmo com a outra perna.
Objetivo: alonga os quadríceps e facilita o movimento das pernas, protegendo os joelhos durante o exercício. Aqueles com dores no joelho devem alongar-se mais lentamente e evitar o alongamento máximo.

Benefícios gerais dos alongamentos

Além do que já vimos, os alongamentos apresentam muitos outros benefícios gerais!

Flexibilidade

Quanto mais você faz alongamento, mais move seus músculos e mais flexível se torna. Com o tempo, o alongamento na piscina se tornará ainda mais fácil, o que resulta em ainda mais flexibilidade.

Postura

Uma postura ruim, algo que se tornou tão comum, pode ser consertada com facilidade através do alongamento. Isso acontece porque durante o processo os músculos são fortalecidos, o que favorece o alinhamento correto.

Mais nutrientes e menos dor

O alongamento melhora a circulação e quanto melhor a circulação, mais nutrientes chegam aos músculos – já que eles são carregados pelo sistema circulatório. Além disso, isso também ajuda a reduzir a dor.

Acalma a mente

A piscina por si só já é bastante relaxante e melhora, já é comprovado, a nossa sensação de bem estar. Vimos que o alongamento aumenta a circulação do sangue. Isso faz com que todo o corpo esteja sempre bem abastecido. O que traz relaxamento e calma. O alongamento combinado com a piscina, então, faz maravilhas.

Libera a tensão

A maioria das pessoas carrega o estresse nos músculos. Por isso, o alongamento é uma forma muito eficaz de controle do estresse.

Aumenta a energia

Com o aumento da circulação sanguínea, você também se sente mais revigorado e com mais energia.

Prevenir lesões

Atividades físicas feitas dentro da piscina são de baixo impacto. Por isso são tão benéficas e adequadas para um grupo tão grande de pessoas. Mas isso não quer dizer que estamos dispensados de fazer alongamentos antes de nos exercitarmos na água. Então, seja para tirar proveito dos benefícios do alongamento ou para se preparar para se exercitar, não deixe de se alongar!

alongamento na piscina

Imagem: Shutterstock

O alongamento tem muitos benefícios para o seu corpo e para a sua mente. Incluir o alongamento na sua rotina aumenta o fluxo do sangue para os seus músculos, fazendo com que sejam bem mais saudáveis.
E já que estamos falando de saúde, aprenda como fazer hidroginástica na sua casa e conheça mais sobre os benefícios de quem faz natação. Não deixe de aproveitar a sua piscina da melhor forma possível, seja também mais saudável!