A Tocha Olímpica

6 de maio de 2016
A Tocha Olímpica

Prometeu foi um herói da mitologia grega que roubou o fogo dos deuses no Olimpo para os homens. Só que os deuses não ficaram contentes com essa atitude, punindo Prometeu, que era imortal, com uma águia que o atacasse todos os dias. Essa punição durou até que Hércules trocou Prometeu pelo Centauro.

O fogo sempre foi um elemento cultuado pelos gregos, que, para lembrar o ato de Prometeu, faziam corridas de revezamento com tochas entre si até que o vencedor cruzasse a linha de chegada. Outro exemplo da presença do fogo estava na celebração dos Jogos Olímpicos da Antiga Grécia.

Os primeiros Jogos Olímpicos foram realizados em 776 A.C., um a cada quatro anos na cidade de Olímpia, que se situava aos pés do Monte Olimpo, onde moravam os deuses, como forma de honraria a Zeus e outras divindades. A Grécia Antiga era separada por Cidades-Estados autônomas que estavam sempre em conflito entre si, e as competições eram um marco de paz em meio as guerras rotineiras, chamadas de tréguas sagradas.

Antes dos jogos era aceso o fogo no altar do templo de Hera (Juno), deusa do casamento e da vida, mantendo-o durante todo período dos jogos. Para acendê-lo, utilizavam um disco chamado “shaphia”, um espelho côncavo, que direcionava os raios de sol a um ponto determinado para fazer o fogo. Esse método de adquirir a chama garantia pureza, essencial para a honraria a deusa. Além da pureza, o fogo simbolizava a razão e a paz.

Na Era Moderna, essa tradição continuou sendo realizada em frente ao Templo de Hera com mulheres caracterizadas como sacerdotisas, nos 90 ou 100 dias que antecedem os Jogos Olímpicos.

A Chama Olímpica é levada até o país sede dos Jogos e remete a outra Tradição grega simbolizada pelo mensageiro da antiga Grécia, que viajava pelas cidades anunciando os jogos. Quando chega ao país-sede, a tocha olímpica visita as cidades ícones, convidando todos a prestigiar a celebração do esporte.

Nesta semana, a tocha olímpica desembarcou no Brasil e já anuncia que, em breve, teremos os Jogos! Que o Espírito Olímpico esteja com vocês!